Repórter é morto a tiros em Riachão; Mãe atribui morte do filho a vídeos postados em redes sociais

Spread the love

O repórter da cidade de Riachão do Jacuípe identificado como Marlon de Carvalho Araújo, de 36 anos, foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (16), em sua residência no Distrito de Chapada em Riachão do Jacuípe. Marlon da chapada ou Marlon Ventania, como ele era conhecido, trabalhava como repórter freelance e já atuou nas rádios Jacuípe e Gazeta.

Residência de Marlon. Foto: Raimundo Mascarenhas.

Segundo informou o Calila Noticias, o crime aconteceu por volta de 02:00h da madrugada dentro de sua residência. Momentos antes do crime, uma caminhonete Hilux de cor branca foi vista circulando pelas ruas do distrito. No local foram encontradas várias capsulas de uma arma pistola 40, supostamente a que usaram o crime.

Segundo inforações, Marlon se destacava quando postava videos em redes sociais criticando prefeitos, vereadores e políticos da região.

Na última eleição, Marlon disputou uma vaga na Câmara de Vereadores de Riachão do Jacuípe pelo PPS, mas não obteve sucesso. Ele também costumava promover eventos no Distrito de Chapada, onde tinha ligação com muitos jovens.

Em entrevista ao Calila Noticias, a mãe da vitima, a Senhora Trindade de Carvalho afirmou que a morte de seu filho é consequência das postagens polêmicas que ele fazia nas redes sociais fazendo duras criticas a políticos das cidades da Bacia do Jacuípe e do Território do Sisal.

CURTA PÁGINA TRIBUNA DO SISAL NO FACEBOOK, VOCÊ SEMPRE BEM INFORMADO – CLIQUE AQUI!

 

Dona trindade afirmou que já tinha pedido ao filho para parar com essas postagens, “ainda ontem eu pedia a ele. Meu filho deixa de fazer esses vídeos, mas ele respondeu que era seu trabalho.” Afirmou.

Ela que mora na mesma rua que seu filho que morava sozinho, praticamente em frente a sua casa, disse ao CN que ouviu os disparos quando faltava cinco minutos para 02:00h, mas não pensou que fosse contra seu filho. Logo chegou uma vizinha gritando que tinham matado Marlon.

O delegado Titular de Riachão do Jacuípe Danilo Andrade esteve na comunidade e ouviu testemunhas e familiares da vítima e informou que a priore, a principal linha de investigação está sendo mesmo as postagens que ele fazia nas redes sociais, mas ainda é cedo para apontar a motivação.

Equipe das Policia Técnica e do rabecão de Serrinha realizaram o levantamento cadavérico por volta das 08h e o sepultamento deve ocorrer no fim da tarde. O corpo será velado na residência da mãe.

Redação Tribuna do Sisal, com informações do Calila Noticias.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of