ACM Neto promete cortar ponto de professores ausentes e diz que greve é política

O prefeito ACM Neto prometeu cortar o ponto dos professores da rede municipal que se ausentarem ao trabalho. Em entrevista concedida nesta quinta-feira (12), ele classificou a greve da categoria como partidária e afirmou que a maioria dos trabalhadores não aderiu à paralisação por tempo indeterminado.   “É um movimento político, sem nenhuma razoabilidade. Colocamos na mesa a proposta de 2,5% para os servidores da educação, o que assegura um ganho efetivo para a classe acumulado aos 2,5% do ano passado. Não tem motivo para a greve existir. É uma…

Leia mais