Bahia: Mulher joga óleo quente em filha de 17 anos, alega legítima defesa e diz que era agredida pela adolescente

Spread the love

Uma jovem de 17 anos foi queimada com óleo quente pela própria mãe, na cidade de Jacobina, no norte da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu no domingo (30) e, no mesmo dia, a mulher procurou a delegacia da cidade para informar que agiu em legítima defesa.

O caso ocorreu na casa onde a mulher mora com a filha, no Conjunto Habitacional Lagoa Dourada.

Conforme a polícia, a mulher arremessou uma vasilha com óleo quente que atingiu rosto, pescoço e tórax da jovem. Ela teve queimaduras de 1º e 2º grau. A jovem foi atendida no Hospital Municipal de Jacobina, e informações preliminares apontam que ela foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, mas o G1 não conseguiu confirmar a transferência com a polícia e hospitais.

Segundo disse a mãe à polícia, a jovem era usuária de drogas e estava a agredindo com uma cadeira. Então, para se defender, a mãe falou que jogou o óleo na filha.

Apenas a mulher foi ouvida, a jovem ainda não falou com a Polícia Civil, que investiga o caso. A mulher não foi presa e também não há mandado de prisão contra ela.

G1 BA.

CURTA PÁGINA TRIBUNA DO SISAL NO FACEBOOK, VOCÊ SEMPRE BEM INFORMADO – CLIQUE AQUI!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of