Médicos anestesistas do Planserv suspendem atendimento e pacientes têm cirurgias canceladas em Salvador

Médicos anestesistas que atendem pelo plano de saúde dos servidores públicos da Bahia, o Planserv, suspenderam as atividades em Salvador. A medida foi tomada porque, segundo o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), os valores pagos pelo plano, aos médicos, não são reajustados há 10 anos. Com isso, pacientes que utilizam o plano receberam avisos de hospitais com o cancelamento de cirurgias. Uma dessas pessoas é a funcionária pública Selma Cardoso, que está afastada do trabalho há quatro meses, por conta de um problema na coluna. Selma já seguia…

Leia mais